Archives for category: Uncategorized

Dickens!

Diz, Digo, Disse.

Por definição, revolução é uma «transformação violenta, e mais ou menos rápida, da situação política ou social de um Estado ou de um país»*. Como nasce, se desenvolve e fina?

Baseando-se na obra de Thomas Carlyle, A Revolução Francesa, Charles Dickens narra, através de um romance histórico, a convolução do povo francês. Aos princípios de Liberdade, Igualdade e Fraternidade soma-se a concomitância austera — «ou Morte».

O autor parte da história do inglês Dr. Manette, testemunha forçada de um crime aristocrata, preso durante 18 anos na Bastilha com a pretensão de o reduzir ao silêncio, à demência. Quando solto, é a prova viva da leviandade inconsequente perpetrada pela fidalguia.

Lucie, sua filha, é o opósito das descendentes de Goriot. Meiga, cuida do pai com brio. E, com o casamento, introduz em casa Charles Darnay, que viria a ser um outro filho, pelo amor que ao sogro tinha. Darnay, ou Èvremonde, é um emigrante francês…

View original post 179 more words

Advertisements

A mania dos provérbios

Diz, Digo, Disse.

Há quem me pergunte porque tiro tanto curso de tanta coisa. Ora, porque em cada aula aprendo algo e conheço alguém. Isso faz-me feliz.

Este livro foi mencionado numa dessas minhas incursões na revisão de texto. Publicado pela Casa das Letras, é da autoria de José Pedro Machado, Deus abençoe a sua paciência. Tenho-o na minha mesa de cabeceira e, de vez em quando, dou-lhe um olho. Logo, logo, o outro quer lhe ser dado também. «O Grande Livro dos Provérbios» é enorme!

Apesar de crer ser um must have na casa de qualquer amante da Língua Portuguesa, sei custar um pouco demasiado para as carteiras de alguns. Porém, não diria que pudesse valer menos. Sempre mais. É uma colectânea e pêras!

Para que me acredites, segue-se uma lista de alguns dos provérbios que me regalaram.

  1. A boda dos pobres decifra-se em vozes. [pág.21]

  2. Antes a feia de barriga…

View original post 223 more words

Lembro-me de sair de casa. Dirigir-me ao autocarro. Dirigir-me à escola. Lembro-me de roer as unhas. Esvoaçar. De ouvir. De estar calada. Lembro-me de me sentir cansada. Do medo do riso dos outros.…

Source: O tempo que voltou atrás

Diz Digo Disse

_MG_8649-FINAL